[email protected]

Rua C, s/n - Centro Político Administrativo, Cuiabá - MT, CEP 78049-913 - Tel (65)3613-7236

O Instituto PCI formaliza parceria com a Global Eco Rescue AG, Vitol e Shared Value Platform (SVP)

No dia 24 de maio representantes da multinacional holandesa Vitol, Global Eco Rescue (GER) e Pronatura International se reuniram em Cuiabá para assinar um Memorando de Entendimento formalizando uma parceria com Instituto PCI. O A parceria foi mobilizada pela Secretaria de Assuntos Internacionais de Mato Grosso e busca articular e fomentar ações, programas e projetos voltadas para a implementação da Estratégia Produzir, Conservar e Incluir.  

A parceria será voltada para apoiar o Instituto PCI na identificação de oportunidades no Mato Grosso alinhadas com a Estratégia PCI , incluindo também a avaliação e preparação do pipeline de projetos, aceleração de projetos e programas, avaliação dos veículos de investimento e suporte a implementação de projetos em campo.

De acordo com Marcelo Andrade, Founder & Chairman da Pro Natura International, a Shared Value Platform (SVP) é uma metodologia de abordagem territorial desenvolvida pela International Finance Corporation-IFC (braço do Banco Mundial) e Pro Natura International. Seu objetivo é promover o desenvolvimento sustentável e inclusivo em regiões vulneráveis em que investimentos de grande escala são necessários tais como o Mato Grosso. O modelo de negócios da SVP busca atender essa demanda através de consultoria em estruturação de negócios, capacitação além de captação de recursos para aceleração de programas e assistência técnica.

A parceria busca ainda, a geração de ativos ambientais por meio de créditos de carbono e, portanto, contando com a gestão da Global Eco Rescue AG e a experiência da multinacional holandesa de energia - Vitol. Nos últimos anos, a Vitol tem investido fortemente em energia sustentável, como eólica, gás natural e solar, além de biocombustíveis e hidrogênio.

De acordo com Michael Curran, Head of Emissions Trading da Vitol, “hoje, as nações se comprometeram apenas com 7,5% das emissões previstas para 2030, enquanto 55% são necessários para atingir a meta de 1,5°C de Paris. No caminho ambicioso para o zero líquido até 2050, todas as medidas para reduzir as emissões devem ser consideradas. Isso inclui os mercados de carbono”. A equipe de carbono da Vitol possui mais de uma década de experiência em mercados de conformidade e voluntários, investindo em projetos de compensação de carbono em todo o mundo. Somente em projetos de energias renováveis, a Vitol investe 1 bilhão de dólares em todo o mundo.

No mesmo dia, a SVP também foi apresentada aos representantes da MT PAR com o objetivo de identificar sinergias e áreas potenciais de trabalho conjunto. De acordo com John Embiricos, Global Eco Rescue (GER), a MT Par tem o potencial de se tornar o mecanismo financeiro para implementação dos investimentos a serem levantados pelo SVP alinhados com a estratégia PCI.

Participaram também da reunião a Rita Chileto e Karina Colet (Casa Civil), Ricardo Woldmar (Instituto PCI), Haroldo Montenegro e Marinah Harris (Global Eco Rescue) e Leone Galvão e Vanessa Queiros (MTPar)